cidade do méxico

Extremamente animada e cheia de cores, a Cidade do México é um ótimo destino para quem gosta de muito movimento e arte. A intensidade mexicana pode ser vivenciada nas artes coloridas das ruas, na música, na culinária, nos seus parques e na interação com a comunidade.

No centro da cidade você pode tomar margaritas em algum bar da La Ciudadela, um mercado artesanal com mais de 300 barracas, ou pegar um barco para conhecer o Xochimilco, último canal asteca da cidade.

Apesar do histórico cultural conturbado, a Cidade do México é um lugar alegre onde acontecem eventos incríveis como o Festival Centro Histórico, onde acontecem apresentações de música, dança, teatro e arte para todos os gostos.

Cerca de 62% da população do México é composta por “mestizos”, descendentes de indígenas mexicanos e outros lugares. Por isso, o México é um país multicultural e com ampla diversidade e tradições. Durante o século XV, a capital do Império Asteca, Tenochtitlán, estava situada na região que hoje conhecemos como a Cidade do México.

No país, o movimento de mulheres tem, cada vez mais, ocupado espaços na sociedade mexicana. Diversas organizações têm reivindicado direitos e denunciado a violência. Em protesto contra o feminicídio, em Março de 2017 mais de 21 milhões de mulheres não foram ao trabalho nem à escola para apoiar a manifestação “A Day Without Women”, o que gerou um prejuízo de 300 milhões de dólares.

Comunidade LGBTQIAP+:
A cidade tem um lugar chamado Zona Rosa, que tem uma vizinhança e vários bares da diversidade, e onde acontece a Parada Anual do Orgulho LGBTQIAP+ da Cidade do México. Lá também acontecem eventos culturais muito interessantes como o Festival de Diversidad Sexual en Cine y Vídeo, que exibe vários filmes abordando diversas temáticas sociais.

Contudo, a comunidade trans ainda enfrenta alguns desafios na integração com a sociedade, e nesse contexto a organização Club Roshell foi criada para reivindicar os direitos de pessoas trans, travestis e intersexo.

Cultura Alimentar:
Tombada como patrimônio cultural intangível da sociedade, a culinária mexicana é extremamente saborosa e tem como origem uma base milenar com origens anteriores à colonização. Utilizando como base ingredientes regionais como tomate, abóbora, abacate, cacau e baunilha, as técnicas culinárias são adjacentes às técnicas agrícolas. Apesar de todo o movimento de colonização, as técnicas tradicionais da cultura alimentar mexicana continuam conectadas com sua ancestralidade.

Lugares para conhecer na Cidade do México:
Antigo colégio de San Ildefonso
Museu da Cidade do México
Palácio de Bellas Artes
Chapultepec
Museu Jumex
Museu Frida Kahlo

  • Pré-requisitos:

Tempo mínimo de programa: 2 semanas
Tempo máximo de programa: Não há limite
Idade mínima: 18 anos
Nível do idioma: Português ou Espanhol (qualquer nível)

  • Quanto Custa?

Confira os valores aqui!

o que você está esperando?