faq

Para quais lugares posso fazer o meu intercâmbio?

A CLF trabalha com em 12 países diferentes, sendo 2 cidades na África, 6 na América Latina, 1 na Europa e 2 na América do Norte. Na África nós temos Cidade do Cabo na África do Sul e Maputo em Moçambique. Na América Latina temos Buenos Aires na Argentina, Santiago no Chile, Cartagena na Colômbia, Quepos na Costa Rica, Havana em Cuba, Cidade do México no México, e Cusco no Peru. Na Europa trabalhamos com Manchester no Reino Unido. E finalmente, com Nova Iorque nos Estados Unidos e Montreal no Canadá. 

Para mais informações, consulte a aba Destinos.

Que tipo de projeto posso fazer?

Parte importante da imersão em nosso intercâmbio é a execução de programas no local que a pessoa intercambista visitará. Cada programa terá como base discussões sobre gênero, raça, sexualidade ou sustentabilidade. Nosses intercambistas desenvolverão um projeto em direitos humanos e o projeto base. Sarau Mulheres, Sarau Cultura Negra, Sarau LGBTQIAP+, Imersão em Sustentabilidade e Imersão em Cultura Alimentar são projetos em Direitos Humanos a serem escolhidos por nosses intercambistas. E o projeto base é para todes ês intercambistas que realizam nossos programas, com o objetivo central na imersão local durante o intercâmbio. 

Para mais informações, consulte a aba Projetos.

Quais são os requisitos para fazer um intercâmbio com a CLF?

Exigências:

  • Ter pelo menos 18 anos;
  • Estar interessade em questões de direitos humanos como gênero, raça, sexualidade e sustentabilidade;
  • Competência intercultural, sensibilidade política e respeito à diversidade;
  • Disponibilidade de 20 horas semanais, segunda à sexta, para execução do projeto de Direitos Humanos escolhido;
  • Disponibilidade de 10 horas semanais, segunda à sexta, para realização das aulas do idioma escolhido;
  • América Latina e Moçambique: Qualquer nível de português ou espanhol;
  • África do Sul, Canadá, Estados Unidos e Inglaterra: nível intermediário de inglês;

Com quanto tempo de antecedência devo me inscrever?

Recomendamos que você se inscreva o mais rápido possível para garantir sua vaga no programa, pois as vagas podem ser totalmente reservadas com meses de antecedência. As inscrições estarão abertas durante todo o ano, mas há um limite de vagas.

Por que devo pagar para realizar esse intercâmbio no exterior?

Acreditamos que embarcar nessa experiência é uma decisão importante na vida de todes que desejam participar de um programa de intercâmbio no exterior. As taxas cobradas são importantes para nós, com elas mantemos nossa organização 100% gerenciada por pessoas LGBTQIA+, trans e pretas, criando empregos e novas possibilidades para esta região, além de gerar renda para nosses aliades em cada destino disponível.

Todes es gerentes e membres da Casa LaFranco são latino-americanes buscando transformar a lógica do intercâmbio na América Latina e no mundo, que historicamente é gerenciada por países europeus e pelos Estados Unidos, que reforçam a dinâmica de colonização na indústria do turismo.

Portanto, o objetivo da CLF é impulsionar a economia local, especialmente nos países da América Latina e da África, criticando os intercâmbios que não geram renda financeira para líderes que mobilizam suas comunidades, além de reforçar um ideal de caridade que não gera emprego para aquelus que estão inserides naquela realidade e que precisam ter seu trabalho valorizado e dessa forma, pago. Assim, a CLF enfatiza essa posição de gestão e liderança do intercâmbio em Direitos Humanos, pois entende a importância de um programa gerenciado e protagonizado por líderes compromissades na luta por um mundo melhor para todes.

Preciso de um visto para viajar para o país em que quero ser intercambista?

Os destinos que exigem a apresentação de visto são Canadá, Cuba, Estados Unidos e Moçambique. No caso de países do Mercosul (Argentina, Chile, Colômbia e Peru) é necessária apenas a apresentação do RG brasileiro. Já para África do Sul, Costa Rica, Inglaterra e México a apresentação do passaporte é exigida. No caso de haver alguma conexão ou visita a países que não façam parte do Mercosul, mesmo que façam parte da América Latina, o passaporte é exigido.

Quais vacinas eu preciso tomar?

As vacinas necessárias dependerão do país para o qual você está viajando. A única vacina legalmente exigida em alguns países é a da Febre Amarela. Uma lista completa das vacinas recomendadas e necessárias é fornecida no Guia do Programa, que você receberá quando se registrar em um programa da CLF.

Preciso ser capaz de falar o idioma local?

Os requisitos de idioma dependerão do destino de seu intercâmbio. Para os países da América latina e para Moçambique, é possível realizar seu programa com o conhecimento fluente da língua portuguesa ou qualquer nível de espanhol. No caso das cidades da África do Sul, Estados Unidos e Inglaterra é exigido nível intermediário de inglês se você for ficar por 2 semanas, mas caso decida ficar por 4 semanas ou mais, não é necessário ter conhecimento da língua. E o mesmo vale para o Canadá. 

Como serão as acomodações do meu programa de intercâmbio?

O tipo de acomodação oferecida nos programas CLF são quartos individuais em famílias anfitriãs, porque acreditamos na importância de viver com pessoas locais. Dessa forma, es voluntáries conhecerão de perto o estilo de vida e os costumes locais. 

Para mais informações, visite a página específica do destino no qual você está interessade por meio da página de Destinos do nosso site.

Vou trabalhar com outres intercambistas?

Você trabalhará em conjunto ê aliade, ume membre da Casa LaFranco que faz parte da comunidade local, e com no máximo mais dois intercambistas. Essa equipe disponibilizará ao menos 20h semanais para estar junto com você na cidade em programações culturais, além de te auxiliar no desenvolvimento do projeto e no curso de idioma.

Posso viajar nos fins de semana do meu programa de intercâmbio?

Você terá seu tempo livre nos finais de semana e poderá explorar uma experiência autêntica nas cidades do seu interesse. Além disso, nossa equipe local fornecerá recomendações para passeios e viagens que você pode fazer, além de um cronograma de atividades culturais semanais.

Receberei um certificado ao final do meu programa de intercâmbio?

A CLF fornecerá um Certificado Internacional de Intercâmbio após a conclusão com êxito do programa. Este certificado pode ser uma adição valiosa ao seu currículo, pois muitos empregadores reconhecem que o intercâmbio é benéfico para o desenvolvimento pessoal e profissional, bem como para a competência intercultural.

O que está incluído no programa?

Dentro dos preços dos nossos programas que você pode acessar clicando aqui. Temos a Taxa de Consultoria que garante sua vaga em um dos nosso projetos, no período de um ano, além de um suporte personalizado por ume consultore especializade no nosso programa. Além disso, você terá uma reunião preparatória para executar um de nossos projetos de intercâmbio juntamente com um guia de intercambista da CLF. No preço do intercâmbio está incluso acomodação em uma casa anfitriã com quarto privado e acesso à cozinha e suas ferramentas, suporte e acompanhamento local de aliade, assistência online da CLF e certificação ao concluir com êxito o programa.

*A alimentação não está inclusa.

O que preciso ter no meu seguro viagem?

Imprevistos acontecem. Como viajante, é necessário que você esteja preparade para todas as situações. Nem todos os países possuem um sistema de saúde que atende gratuitamente estrangeires, fazendo com que os procedimentos sejam pagos. Nesse momento o seguro se faz necessário para evitar despesas não planejadas. 

Outros imprevistos que o seguro poderá ajudar são: extravio de bagagem, remarcação de passagem, assistência jurídica e até repatriação do corpo em caso de morte. 

Países da Europa exigem que os seguros sigam o tratado de SCHENGEN, que exige que o seguro tenha cobertura mínima de 30.000 euros. Você poderá fazer um seguro básico ou um super completo de acordo com seu interesse de cobertura, mas lembre-se: “É melhor prevenir do que remediar”.

Como posso levantar fundos para custear meu intercâmbio?

Existem diversas maneiras de conseguir levantar fundos para seu intercâmbio, desde financiamentos, empréstimos, até mesmo aquela poupança e investimento no tesouro direto, por que não? Mas é importante que a decisão que você tome para conseguir investir no seu intercâmbio seja responsável com sua saúde financeira.

 

Posso conversar com antigues intercambistas?

Claro! Inclusive, se você acessar o link clicando aqui você verá a experiência de nosses antigues intercambistas. E, falando com a gente, te colocaremos em contato com antigues intercambistas que se disponibilizam a falar de suas experiências!

o que você está esperando?