BUENOS AIRES

Localizada no Rio da Prata, Buenos Aires tem esse nome devido às brisas frescas que vêm do oceano. É uma cidade que oferece uma vida cultural para todos os gostos com uma enorme quantidade de museus, teatros, parques, praias, bares e restaurantes. Todas essas opções fazem com que a cidade seja muito próspera artisticamente, sendo conhecida também por ser a capital do Tango, com toda a sua elegância. Bem desenvolvida e acolhedora, a cidade é muito viva e calorosa, com muita música e grandes eventos culturais.

Ao contrário do que algumas pessoas pensam, a Argentina tem uma comunidade grande de pessoas LGBTQIAP+, mulheres subversivas e pessoas negras. Para garantir seus direitos e visibilidade existem na cidade grupos como o coletivo Agrupación Xangô em Buenos Aires, que é composto por ativistas dos direitos das pessoas negras que lutam contra racismo, machismo, xenofobia e LGBTQIAP+fobia.

Equidade de gênero:

A visibilidade dos direitos das mulheres tem crescido muito na Argentina, principalmente neste século, fazendo com que o país represente o nível mais alto de equidade de gênero na América Latina, e em relação à educação, as mulheres apresentam níveis escolares mais elevados que os homens. Inclusive, elas assumem o protagonismo em diversas produções culturais na cidade, além de eventos sobre empreendedorismo como o She Festival, idealizado, executado e para as mulheres argentinas.

Comunidade LGBTQIAP+:
Buenos Aires é famosa por ser um dos principais destinos mundiais escolhidos pela comunidade LGBTQIAP+. A charmosa cidade conta com a cooperação de seus governantes, que têm orgulho de sua diversidade. Um dos resultados desses esforços é a criação da Casa Trans, lugar especializado em treinamentos e capacitação de pessoas trans para o mercado de trabalho argentino.

A cidade é sede do Festival Internacional de Tango Queer, um evento direcionado a pessoas LGBTQIAP+ que desejam dançar o Tango sem exercer papéis de gênero.
Buenos Aires conta com vários grupos étnicos, e abriga milhões de imigrantes de todo o mundo, fazendo com que a cidade fale além do espanhol vários outros idiomas.

Lugares para conhecer em Buenos Aires:
A Casa Rosada
Teatro Colon
Museu Nacional de Belas Artes
Plaza de Mayo

  • Pré-requisitos:

Tempo mínimo de programa: 2 semanas
Tempo máximo de programa: Não há limite
Idade mínima: 18 anos
Nível do idioma: Português ou Espanhol (qualquer nível)

  • Quanto Custa?

Confira os valores com ume de nosses consultores!

 

o que você está esperando?